terça-feira, 14 de julho de 2009

Obama Deception


este vídeo é o documentário completo,sem legenda,que também pode ser visto aqui.

Era previsível um documentário deste tipo,de autoria de Alex Jones,onde se tenta expor supostas mentiras,falsidades,a farsa cientificamente preparada e planeada pelo poderoso sistema financeiro americano (banqueiros).O que me espanta é a pressa já que o homem ainda nem teve para se "coçar"!Eu,que não sou muito dado à teorias de conspiração,apetece-me dizer que,com o Bush e os republicanos fora do poder,tinha de aparecer um contraponto ao Michael Moore.

6 comentários:

JP disse...

Edy, como em todas estas teorias da conspiração, há que tomar mais esta 'with a grain of salt', mas antes de correr a atribuir a autoria aos neo-cons, convém ver bem o conteúdo primeiro. Se são verdadeiras ou não as alegações (algumas bem lunáticas) do filme é irrelevante, para mim o interesse em vê-lo está nas pistas que dá para cada um depois ir confirmar por si próprio. O que me ficou na retina foi o facto da Reserva Federal dos US of A ser uma entidade privada e as promiscuidades entre políticos e banca a que não escapam muitos dos nomeados pelo Obama. Espero mesmo que o homem seja o cristo reencarnado que por aí se apregoa, mas os apóstolos que escolheu não auguram mudanças de maior (como já se viu com o iraque, guantanamo, o bailout, etc). Boas leituras! Abraço, JP

Edy disse...

aahahahah...JP!
agora fizeste-me lembrar o nosso tempo de liceu domingos ramos e aqui em lisboa também...parece que continuas 'with a grain of salt' anti-esquerda no sangue.
Não meu amigo,não pretendi atribuir a autoria desse documentário aos neo-con como referes..nem isso interessa sequer..apenas constatei uma curiosidade!E digo-te mais,assim como este,os doc´s anti-bush do michael moore,pouco me atraíam...quanto "as promiscuidades entre políticos e banca a que não escapam muitos dos nomeados pelo Obama",bem meu amigo,só posso te dizer que isso não é novidade uma vez que isso é a prática por esse mundo fora...
Abraço

JP disse...

Boas, sobre o tema realmente não há muito mais a dizer, cada qual que retire do filme o que lhe aprouver.

Só para deixar a nota: deves estar a confundir-me com outro JP. Eu não sou "anti-esquerda", longe disso, aliás em Portugal até tenho tendência a alinhar mais com os senhores da foice e do martelo - por uma questão de coerência (minha e deles) - coisa rara nos dias de hoje.

Fica o reparo.

Abraço e boa continuação,

João Peixoto

Edy disse...

Peço desculpas JP...realmente confundi-te com um amigo de juventude que também é JP mas de João Paulo...
abraço

Redy Wilson Lima disse...

No filme existe alguns exageros é verdade... mas a verdade é que muita coisa ali tem sentido, alguns argumentos estão bem sustentados, baseados nalguns casos em documentos e testemunhos fiáveis... também a história do club bilderberg, trilateral e relações exteriores não é de todo uma invenção... enfim, cada um tira as suas ilações.

Edy disse...

Pois é Redy...esses documentários são sempre assim: exagero misturado com alguma verdade.Cada um que escolha as "suas" verdades e,no final,como disseste,cada um que tire as suas ilações.
Abraço