segunda-feira, 9 de março de 2009

Bom Sinal

Depois de alguns de férias,é com agrado que vejo alguma "mudança" por parte do Redy no post "anarquismos,capitalismos e comunismos" que,reagindo ao post do Edy intitulado "os sistemas socioeconómicos e a natureza humana", acaba por reconhecer que "é muito provável que um sistema político baseado no anarquismo arcaico também falhe. No entanto, acredito que basear nalguns pontos da filosofia anarquista para criticar o sistema actual, é útil para o aperfeiçoar e torná-lo mais justo".Ou seja,de um ferveroso defensor daquele sistema passa a defender que algumas ideias do anarquismo pode servir para aperfeiçoar o sistema capitalista...(já agora,pelo que li e o titulo do post é bem claro,acho que o Edy não falou do capitalismo como sistema politica mas sim como sistema socioeconómico;logo o exemplo da China não podia "vir ao baile").Será uma mudança de ideias ou estou enganado?

5 comentários:

Anónimo disse...

Mas ó Naxu ainda nao percebeste (nao, acho que percebeste e bem!) que o Redy sabe muita coisa mas ainda baralha os conceitos?!

Sim, sim, ele mistura os capitalismos todos e nao conhece a definiçao popular do anarquismo.

Mas poque é que ele nao fica pelas sentenças populares em vez de estar em meter-se em sarilhos de académicos e livros muitos pesados para ele?!!

Mas sabes, ele tem feito grandes esforços de compreensao e até ja percebe a engrenagem do anonimato! O rapaz vai la chegar, com sofrimento, mas chegará! O diabo é que o meu filho nao quer saber nada desta nossa ginastica mental!...

Ps é verdade se continuares com essa tralha das letrinhas que tenho que preencher nao volto mais aqui!

Salim disse...

Nhu Naxu,

Apesar de reconhecer que aquele post do Redy deu algum espaço de manobra para esta tua pergunta, posso garantir-te que estás totalmente errado.

Sinceramente, não percebo bem esta tua rixa com o Redy (o gajo dá um passo em falso e lá estás tu a tentar pular em cima do gajo), mas pronto...

Acho que o Redy põe muita gente nervosa (tu incluído ;-) porque diz algumas verdades fortes e vocês estão todos a ver se o conseguem moldar.

Podem estar descansados: não irão conseguir. E, mesmo que conseguissem, são (somos) muitos os que pensam de maneira diferente e que estão prontos para derrubar este sistema de merda logo na primeira oportunidade que surgir. Hehehe.

Apresentem as vossas ideais e deixem os outros mostrar o que valem. Há lugar para todos nós. :-)

1 love brother (i kel abrasu pa bo Redy)

Nhu Naxu disse...

Salim,
garanto-te que não tenho nenhum rixa ou atrito com o Redy,mesmo porque nem nos conhecemos;garanto-te que a mim ele não deixa nervoso,mesmo porque as ideias dele,na sua maioria,não impressiona.O que tu vês como "rixa" eu vejo como "busca de debate".Sim,ele é o único com quem "debato".Mas é simplesmente por isto:ele é o único que expõe as suas ideias mesmo que contra corrente (e aqui,ele tem todo o mérito).Tendo ideias antagónicas das minhas,encontro nele um bom "adversário" para debater princípios ideológicos...portanto,não há da minha parte nada de pessoal!Ao contrário da maioria dos "criolos dotoris" eu aprecio uma boa discussão ideológica e cientifica..se quiseres entrar "no esquema",faça o favor mas sem essa de fulanização...é para discutirmos ideias e não teorias de vitimização..
Abrasu

Salim disse...

Nhu Naxu,

Se as teorias do Redy não te impressionassem, não estarias à "busca de debate" e nem ele seria um "bom adversário". ;-)

Mas pronto, esse é apenas um (meu) ponto de vista e, já agora, podes ter a certeza que respeito o teu, bem como esta tua resposta.

Não percebi bem o que querias dizer com fulanização e vitimização, mas fico contente em saber que não há rixa e é apenas discussão.

Já agora, podes ter a certeza que, sempre que quiser ou sentir necessidade de entrar no esquema, o farei (como, de resto, acabo de fazer :-).

1 love

Nhu Naxu disse...

Salim,
quando disse que "as teorias dele não impressionam" foi mas no sentido de "já serem conhecidas"...e quando digo "bom adversário" é no sentido de que,tendo ideias e ideais diferentes isso torna o debate mais "vivo"...qd falo na fulanização,quis me referir,no geral,a nossa "mania" de lidar mal com o contraditório e,por isso,acabamos sempre por "pessoalizar" o debate com afirmações do tipo "ele tem algo contra mim","ele isto ou aquilo" (não que foi o teu caso aqui)...pois é,como estás a ver,é a falar e a debater que a gente se entende..