sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O Poder do Contexto ou como pode a Câmara Municipal da Praia pode Ajudar a Combater a Delinquência

Embora possa parecer um exagero da minha parte,tudo parece indicar que a violência e a delinquência em Cabo Verde estão se a tornar uma epidemia.Uma epidemia é sensível às condições e circunstâncias do tempo e do lugar onde ela ocorre (é só vermos o exemplo da Dengue).Somos muito mais que sensíveis à mudanças contextuais;somos primorosamente sensíveis às mudanças contextuais.É por isso que a Câmara Municipal da Praia (CMP) pode,também ela,ajudar a combater o incremento da delinquência na cidade da Praia.Como?A teoria dos janelas partidas (broken wndows theory) explica-nos de que forma a CMP pode entrar nessa luta que deve ser de todos e não só do governo.Esta teoria estuda a relação de causalidade entre a desordem e a criminalidade - convém salientar que não existe consenso sobre essa teoria uma vez que os resultados empíricos são contraditórias,tanto suportam como contradizem a hipótese central da teoria.Os autores desta teoria defendem que se uma janela de uma fábrica ou de um edifício fosse partida e não fosse imediatamente substituída ou se um equipamento de um espaço público fosse vandalizado e não fosse imediatamente concertado as pessoas concluiriam que ninguém se importava com isso e que não havia autoridade responsável pela ordem.Em pouco tempo,as pessoas passariam a partir mais janelas do mesmo edifício até estarem todas partidas e a danificar mais equipamentos do mesmo espaço público até não restar mais nada nesse espaço.Com tudo partido e danificado é fácil concluir que ninguém é responsável pela ordem,iniciando assim a decadência e a perda de reputação da rua ou da comunidade.Pequenas desordens levam à grandes desordens e,mais tarde,ao crime.A CMP deve concentrar-se com esses pequenos delitos e desordens,deve dar um sinal que é responsável perante os equipamentos públicos.O governo deve implementar uma política de tolerância zero.Conjuntamente,governo central e governo municipal podem fazer diminuir a criminalidade: a CMP combatendo a desordem nos espaços municipais e segurança de comunidade (ou policiamento de proximidade) o governo através de politicas de reinserção social e políticas criminais.